Voltar para o site

11 dezembro 2017

5 franquias que nasceram fora do eixo Rio-SP e estão bombando

5 franquias que nasceram fora do eixo Rio-SP e estão bombando!

Segundo pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), cerca de 53% das redes franqueadoras brasileiras estão concentradas no estado de São Paulo, seguido pelo Rio de Janeiro, com 11% do total. Juntos, os dois estados concentram 43,8% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. São dois pólos com enormes oportunidades para empresas de diferentes segmentos e para os profissionais que desejam construir


Oca de Savóia
É uma rede de franquias de pizza em fatias que nasceu em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. A empresa utiliza sistema de ultracongelamento à base de hidrogênio, que conserva as pizzas sem conservantes por até três meses sem que o sabor do produto seja alterado. A Oca conta com 36 unidades em operação e faturou 10 milhões em 2016. Para investir em uma unidade da rede, o valor indicado é a partir de R$250 mil com prazo de retorno previsto para 24 meses.
Depyl Action
Pioneira em depilação no Brasil, a Depyl Action entrou para o franchising em 1996, e tem sua sede em Belo Horizonte, Minas Gerais. A rede, que possui 103 unidades, sendo duas na Venezuela, foca na valorização da beleza e no bem-estar dos clientes. Em 2016, o negócio registrou um faturamento de R$ 100 milhões. O investimento inicial para adquirir uma unidade da rede é a partir de R$ 340 mil e o prazo médio de retorno é de 24 a 48 meses.
Restaura Jeans
A Restaura Jeans, rede de franquias de restauração, limpeza de vestuário e acessórios, nasceu em 1991, em plena crise econômica, em Santa Maria, Rio Grande do Sul. O fundador, Flávio Conrad, costumava tingir suas próprias camisas e calças usadas para dar vida nova às peças e resolveu transformar isso em um negócio promissor. O investimento inicial é a partir de  R$ 70 mil e o prazo médio para retorno é de quatro meses. Hoje a Restaura Jeans tem mais de 230 franquias e pretende encerrar 2017 com 250 unidades.
Doctor Med
A rede de clínicas médicas nasceu no Rio Grande do Sul em 2009 com diversas especialidades e tem como missão oferecer atendimento médico, odontológico e exames para a população brasileira a baixo custo. Possui opções de franquias com investimento inicial de R$ 180 mil, no modelo Centro Médico Compacto e a estimativa de faturamento é até R$ 700 mil.
Lava e Leva Lavanderia
Criada no Mato Grosso do Sul, a rede oferece uma alternativa para as pessoas que não conseguem pagar uma empregada doméstica ou diarista e precisam de uma solução para os cuidados das roupas. Na Lava e Leva, o cliente paga um valor fechado por mês e tem todas as suas roupas lavadas e passadas. Com mais de 320 unidades no Brasil, para investir em uma unidade o investimento é de R$ 40 mil e a estimativa de faturamento é R$ 18 mil.
Nossa alegria em ver a Oca de Savóia, cliente do Sistema para Franquias, entre as 5. Parabéns!

13 novembro 2017

6 MICROFRANQUIAS PARA TRABALHAR EM CASA

6 MICROFRANQUIAS DE ATÉ R$ 7 MIL PARA TRABALHAR EM CASA:



Existem empresas que oferecem a opção de franquia home-office, ou seja, você não precisa de um escritório comercial para ser um franqueado. Se você se interessou por esse modelo, e não pode investir muiito dinheiro, veja seis opções de microfranquias para trabalhar de casa, com investimento de até R$ 7 mil.

1. Vilesoft
Fundada em 1986, em Minas Gerais, a Vilesoft é uma empresa que desenvolve software para gestão de empresas de diversos portes e segmentos. Entre eles, indústria, telemarketing e até de saúde.
Para ser um franqueado home-based da empresa, o investimento é de R$ 1,9 mil.
2. Esthetic Green
A Esthetic Green é uma união de loja de dermocosméticos e centro de estética. Entre os produtos vendidos pela empresa, há 12 marcas disponíveis, além de 30 serviços de estética
Você pode ter uma franquia em casa da Esthetic Green investindo R$ 1,9 mil.
3. College Personal English
A rede de escolas de inglês College Personal English foi fundada em 1995, por João Araújo, em Minas Gerais. O foco da escola é o ensino do idioma a universitários e, uma das possibilidades são as aulas online.
Os franqueados também podem aderir ao modelo de franquia online, em que ficam responsáveis pelos contatos comerciais, podendo dar ou não as aulas. Para esse modelo, trabalhando em casa, o investimento é de R$ 2,6 mil.
4. AcquaZero
A AcquaZero foi criada em 2009 pelo empreendedor Marcos Mendes. A proposta da rede de franquias é lavar o carro gastando menos de um copo de água. O segredo da limpeza diferente está em um produto químico desenvolvido pela própria marca.
O investimento inicial necessário para ter uma unidade da AcquaZero é de R$ 5,5 mil.
5. PremiaPão
A PremiaPão é especializada na comercialização de publicidade em sacos de pão. Fundada por jovens empreendedores, a empresa tem, hoje, mais de 200 unidades espalhadas pelo Brasil.
Para ser um franqueado home-based da PremiaPão, é preciso investir R$ 6 mil.
6. CI
Fundada em 1988, por dois empreendedores brasileiros, a CI é uma empresa de intercâmbios. Ela oferece cursos de idiomas em diversos países, intercâmbio de férias para adolescentes, programas de estágio e de trabalho remunerado, mochilões, cursos profissionalizantes, entre outras opções.
Você pode ter uma franquia da CI em sua casa com o investimento de R$ 7 mil.

20 agosto 2017

Setor de franquias cresce no trimestre

Setor de franquias cresce 6,8% no trimestre, aponta associação.


A receita subiu de R$ 35,180 bilhões para R$ 37,565 bilhões, e no semestre, o setor manteve um ritmo de crescimento nominal de 8%.

Pesquisa Trimestral de Desempenho de Franchising, divulgada hoje (16) pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), aponta que o mercado nacional de franquias teve um crescimento no faturamento no segundo trimestre deste ano de 6,8%, em comparação ao mesmo período do ano passado.

A receita subiu de R$ 35,180 bilhões para R$ 37,565 bilhões. No semestre, o setor manteve um ritmo de crescimento nominal de 8%, passando de R$ 68,890 bilhões para R$ 74,428 bilhões.

O aumento do desempenho das operações já abertas puxou de maneira considerável esse resultado. Contribuiu também para o resultado o quadro de inflação sob controle e de juros em queda. Houve ainda uma melhora relativa no Índice de Confiança do Consumidor, que afetou não só o franchising, como o varejo de uma forma geral.

Segmentos

Um segmento que se destacou no trimestre foi o de hotelaria e turismo, que teve um ano de 2016 difícil e conseguiu se recuperar, crescendo 10,1%.

Esse ramo do franchising, segundo a ABF, se adaptou ao novo cenário imposto pela crise econômica e pelos novos modelos de negócio de economia compartilhada, com destaque para as operações virtuais.

Outro segmento com bom desempenho foi o de saúde, beleza e bem-estar, que mostrou variação de faturamento de 9,4%.

22 fevereiro 2017

Identifique se a franquia é realmente segura

Na hora de selecionar a franquia,


Identifique se o negócio é seguro!

NO MOMENTO DA NEGOCIAÇÃO da compra de uma franquia, é dever da franqueadora mostrar documentos que comprovem a solidez do negócio, como: circular de oferta de franquia (COF), DRE's, entre outros.

BUSQUE CONHECER A HISTÓRIA DA MARCA, história dos fundadores, a credibilidade e reputação da marca, em seu estado de origem, e o tempo de mercado. Quanto maior a reputação da marca, maior o know how da franqueadora e por consequência, maior a segurança do investimento.

CONVERSE com outros franqueados e ex-franqueados da rede. Na COF é obrigatório constar todos franqueados que deixaram a rede nos últimos 12 meses.


DESCONFIE SE a franqueadora não apresentar documentos como DRE's, curva de custos ABC, entre outros que comprovem sua viabilidade e sustentabilidade econômica. Outro sinal, simples e muito importante, é a quantidade de unidades fechadas pela franqueadora.


Seja um franqueado e viva o franchising!


Informações adquiridas no ebook da Oca de Savóia (ocadesavoia.com.br/ebook.html)

09 fevereiro 2017

Iniciar do zero ou abrir uma franquia?

Qualquer pessoa que pensa em empreender fica com essa dúvida:


Iniciar do zero ou abrir uma franquia?

Buncamos alguns comparativos para ajudar você na tomada de decisão.

Iniciar do zero:
- Você vai precisar criar uma marca;
- Desenvolvimento de gestão;
- Seleção de ponto sem ter um referencial;
- Compra de insumos individualmente;
- Investimento em comunicação individual;
- Maturação do negócio em longo prazo;
- Autonomia nas tomadas de decisões;

Abrir uma franquia:
- Marca consolidada;
- Escolha do ponto em equipe com referencial;
- Planejamento estratégico definido;
- Compra de insumos em grande escala com redução de custos;
- Compartilhamento no investimento em comunicação;
- Maturação acelerada;
- Conhecimento de gestão;
- Você pensa no micro e a franqueadora no macro;


Índice de falência de uma franquia é 8x menor que de um negócio próprio!

Seja um franqueado e viva o franchising!


Informações adquiridas no ebook da Oca de Savóia (ocadesavoia.com.br/ebook.html)

09 janeiro 2017

Fique atento...

 Tempo de contrato entre Franqueador e Franqueado! 


Esta é uma dúvida bem frequente quando vai se adquirir uma franquia. No entanto, não existe um tempo pré determinado de contrato. Podem ser cinco, oito, dez anos ou mais… tudo é definido por ambas as partes no acerto do negócio. 

Um ponto que pode ser balizador é o período de retorno do investimento feito pelo franqueado (payback). Exemplo: se a expectativa de retorno for de 36 meses e o contrato for de 5 anos, o franqueado terá mais 24 meses para ganhar dinheiro com o negócio adquirido. Vale lembrar que ao chegar no final do contrato, não se encerra a parceria. É um momento de ambas as partes reverem o negócio, ajustar as arestas e seguirem em frente. Também se torna uma opção de escape, onde não terá multa em caso de rescisão por parte da franqueadora ou desistência por parte do franqueado.


Neste período, vai ser fundamental a sintonia entre as partes, franqueador e franqueado, e do franqueado com o produto ou serviço oferecido pela rede.

Os melhores contratos são aqueles que não lembramos sua validade, onde a satisfação de ambas as partes se perpetuam por longos contratos. 

Seja um franqueado e viva o franchising!